Juntos pela prevenção do câncer de mama

8 de outubro de 2019 Geral

O câncer de mama é o mais incidente na população feminina. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) são 2,09 milhões de novos casos por ano. No Brasil, 57.960 novos casos são diagnosticados.  Ele é causado por alterações genéticas que podem ser estimuladas por fatores ambientais, como: uso de hormônios (TRH – Terapia de Reposição Hormonal), início da menstruação antes dos 12 anos, menopausa após os 55 anos, gravidez tardia, excesso de peso e ingestão de bebida alcoólica.

Apesar de representar um maior risco à saúde feminina, os homens precisam saber que a doença não é restrita apenas às mulheres. Normalmente a doença pode aparecer em homens mais velhos ou com histórico familiar da doença.

Principais sintomas
Dentre os sintomas mais comuns, o aparecimento de um nódulo no seio é o mais frequente. Muitas vezes indolor, duro e irregular, mas também pode ser arredondado e macio. Por isso, é de extrema importância procurar um médico ao observar alguns desses sinais:

  • mudança na cor, no tamanho ou no formato do seio;
  • inchaço em parte da mama;
  • irritação, vermelhidão, descamação ou aparecimento de irregularidades na pele;
  • saída de secreção espontânea pelo mamilo (incolor ou hemorrágica);
  • caroço duro na axila.

Como reduzir os riscos?
As maneiras para reduzir a doença estão ligadas a algumas mudanças de hábito de vida, como: prática regular de atividade física, alimentação saudável e controle de peso, evitar a ingestão de bebidas alcoólicas e uso de terapia de reposição hormonal por mais de cinco anos somente quando indicado por um médico.

Além disso, quanto mais cedo descoberto maiores são as chances de cura, por isso o autoexame é essencial. Toda mulher deve fazê-lo entre 7 a 10 dias após o início da menstruação. Porém, é importante lembrar que o autoexame não substitui o exame clínico das mamas e a mamografia e sim, faz parte das ações preventivas.

Como fazer o autoexame?

No espelho
Eleve e abaixe os braços. Observe se há anormalidade na pele, enrugamento, vermelhidão, alteração no formato ou retrações.

No banho
Com um dos braços erguidos colocado por trás da cabeça, apalpe e pressione seus seios em busca de corpos estranhos. Por último, pressione com cuidado os mamilos e verifique se eles expelem algum líquido.

Deitada
Posicione uma de suas mãos sob a cabeça e com a parte interna dos dedos da outra mão, pressione gentilmente no sentido de fora para dentro, em formato de espiral. Atente ao engrossamento do tecido e pequenas protuberâncias.

Seu corpo também é sua casa. Previna-se!

Fonte: ICC

Tags: autoexame, câncer de mama, outubro rosa, prevenção

Aspec Informática

Atua há mais de 25 anos no desenvolvimento de sistemas para o setor público, contemplando especificamente Prefeituras, Câmaras, Autarquias e Fundos Especiais. Os sistemas de gestão pública desenvolvidos pela Aspec oferecem aos municípios, simultaneamente, praticidade nas tarefas operacionais e atendimento à legislação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *